Minha lista de blogs

  • O DONO DE TEU CORPO - Sou obediente ao Meu Senhor, e sou muito feliz por esta oportunidade... Tenho fome de teu desejo, sede de tuas ordens, tenho prazer na tua satisfação. ...
    Há 4 anos

A dominação

"A dominação plena não é feita pelo poder do chicote (essa é momentânea)...E,sim,pela entrega do coração e da mente (essa é eterna)..."

Páginas

Master Price - BDSM

Minha foto
GOIÂNIA, GOIÁS, Brazil
Da confiança Um Mestre deve confiar em você tanto quanto você nele. Confiança é um ingrediente fundamental na prática SM, e esta é irmã da sinceridade. Jamais minta para seu Dominador. Seja sempre verdadeiro quando falar, agir ou sentir. Estas serão armas poderosas que seu Mestre terá para lhe dar prazer, e ao que tudo indica, telepatia ainda não é a forma mais eficiente de comunicação da atualidade. Seja sempre objetivo, e não tema em colocar os pontos mais delicados que possam surgir. Se ele for um verdadeiro Mestre saberá separar as críticas das atitudes desrespeitosas de sua parte, e ambos ganharão. Um verdadeiro Senhor não sente necessidade de ser temido. Seu Senhor tem todo o direito de lhe omitir informações que julgue desnecessárias, mas não aceite que minta. Converse a respeito se estiver em dúvida. De tua mente e de tua dedicação,para que meu chicote seja meu verso e minhas cordas tua prisão. De teu desejo e de tua intimidade, para que teu prazer seja meu prazer e minha dominação tua felicidade.

Pesquisar este blog

quinta-feira, 8 de abril de 2010


Semiótica da Coleira



A cerimônia de encoleiramento é um jogo sensual que materializa poder do DONO e todos os desejos daquela que submete aos desejos. Quando uma sub recebe a coleira em volta do pescoço significa que: a cumplicidade é total.
A relação entre sujeito e objeto ou entre mestre e sub é muito forte e simbiótico é, baseada na complementaridade de paradoxo dos dois seres, e não seus iguais.
No universo BDSM o significado da coleira vem do seu significado histórico (usada por escravos desde os mais remotos tempos) é um sinal de submissão, mas também nos lembra que é usado por cães: é o seu sinal de lealdade e de pertencer. Isso significa que:Vem pertence a mim, eu sou seu dono.

Muitos sentem a necessidade de usar um sinal de que também é muitas vezes vista como a contrapartida da aliança que são trocados em casamento.
A coleira pode ser dada em uma cerimônia ou em privado. É um momento que sela uma união, uma relação forte que queremos muito. Isso é muitas vezes uma experiência inesquecível. É uma cerimônia que ser realizada em tempo oportuno quando ocorre a entrega total.
O DONO guia o caminho e a sub deve sujeitar-se, é dele a decisão de retirar ou não a coleira, porque a ele pertence a coleira e a sub.









Infelizmente, na nossa sociedade, e intolerante é difícil fazer tal objeto. - Usar uma coleira seja de metal ou uma de couro é praticamente impossível no mundo do trabalho ou na vida privada








Nenhum comentário:

Postar um comentário