Minha lista de blogs

  • O DONO DE TEU CORPO - Sou obediente ao Meu Senhor, e sou muito feliz por esta oportunidade... Tenho fome de teu desejo, sede de tuas ordens, tenho prazer na tua satisfação. ...
    Há 4 anos

A dominação

"A dominação plena não é feita pelo poder do chicote (essa é momentânea)...E,sim,pela entrega do coração e da mente (essa é eterna)..."

Páginas

Master Price - BDSM

Minha foto
GOIÂNIA, GOIÁS, Brazil
Da confiança Um Mestre deve confiar em você tanto quanto você nele. Confiança é um ingrediente fundamental na prática SM, e esta é irmã da sinceridade. Jamais minta para seu Dominador. Seja sempre verdadeiro quando falar, agir ou sentir. Estas serão armas poderosas que seu Mestre terá para lhe dar prazer, e ao que tudo indica, telepatia ainda não é a forma mais eficiente de comunicação da atualidade. Seja sempre objetivo, e não tema em colocar os pontos mais delicados que possam surgir. Se ele for um verdadeiro Mestre saberá separar as críticas das atitudes desrespeitosas de sua parte, e ambos ganharão. Um verdadeiro Senhor não sente necessidade de ser temido. Seu Senhor tem todo o direito de lhe omitir informações que julgue desnecessárias, mas não aceite que minta. Converse a respeito se estiver em dúvida. De tua mente e de tua dedicação,para que meu chicote seja meu verso e minhas cordas tua prisão. De teu desejo e de tua intimidade, para que teu prazer seja meu prazer e minha dominação tua felicidade.

Pesquisar este blog

sexta-feira, 30 de abril de 2010

Olhar sado-maso

Olhar sado-maso -

Claudia Schifer, Cindy Crawford, Vanessa del Rio, Sigourney Weaver, Grace Jones. Bonecas infláveis, nudez, bizzarices, cenas chocantes. Provocação. O que tudo isso tem em comum? Helmut Newton, o fotógrafo mais influente do século 20. A lenda da fotografia contemporânea que chamou atenção do mundo nos anos 80 com suas belas fotografias de mulheres retratando cenários sadomasoquistas, como na notável série “Big Nudes”, volta ao cenário mundial por conta de uma nova reedição de seu grande livro de fotografias, “Helmut Newton`s SUMO”. O livro que foi originalmente lançado pela editora alemã Taschen em edição limitada no começo desse século como o maior e mais caro livro do século 20, acaba de ganhar versão mais econômica e viável comercialmente. Com dimensões originais e peso reduzido, o livro agora pode ser adquirido por um número muito maior de fãs e admiradores de seu fantástico trabalho.

Com 464 páginas e capa dura, medindo 27x38cm, o livro está sendo vendido no site da editora e na Amazon.com por US$150,00. Uma bagatela se levarmos em conta que sua primeira versão, limitada a 10.000 copias, era vendida por US$12.500. Claro que essa versão foi reduzida, mas não perdeu sua beleza e glamour, e todas as 400 inspiradoras imagens estão lá. Um banho de sensualidade e sex appeal feminino pelas lentes do maior fotógrafo de todos os tempos. A distribuidora Paisagem, que traz os livros da Taschen com exclusividade para o Brasil, adiantou que essa nova versão do SUMO chega às livrarias brasileiras no final de novembro.

www.taschen.com

terça-feira, 20 de abril de 2010

Cachorrinha! - Vinicius de Morais


video
Cachorrinha!  - Vinicius de Morais

Mas que amor de cachorrinha!
Mas que amor de cachorrinha!
Pode haver coisa no mundo 
Mais branca, mais bonitinha 
Do que a tua barriguinha 
Crivada de mamiquinha? 
Pode haver coisa no mundo 
Mais travessa, mais tontinha 
Que esse amor de cachorrinha 
Quando vem fazer festinha 
Remexendo a traseirinha?


Uau,uau,uau,uau! 
Uau,uau,uau,uau!

quarta-feira, 14 de abril de 2010


Documentário FETCHES

Dirigido por Nick Broomfield

Filme documentário de Nick Broomfield para o Clube de Pandora, BDSM entidade conhecida na cidade de Nova York.A mais de meia hora e entrevistas características e performances de profissionais da cena, e é dividido em capítulos de acordo com tipo de conteúdo: Slave, Domina, Fetish, Punir e assim por diante
.




Minhas mãos formulam hipotéticos momentos em que teu corpo sede aos meus desejos embriagados de absinto e delírio.
Inclina-te: cede, na noite, aos delírios do meu desejo.
Aproxime e sede para que eu possa te roubar a alma e domar o corpo
Não fuja do inevitável, apenas aproxime, ajoelhe-se e adore meus pés. Você me pertence apenas não se deu conta disso
Que estranha nossa ligação. Se os desejos d’ambos concordaram! Porque teu corpo teme minhas mãos?
Vc está aqui para saciar meus desejos que o deliro da sua submissão pode proporcionar... Sempre estarei em seus sonhos, te levarei pros cantos mais delirantes do desejo...
És minha mesmo depois de me deixares. Sua alma me pertence e não a deixarei partir... é por isso me chamam poderoso...  Nunca perderei o que realmente me pertence....




quinta-feira, 8 de abril de 2010


Semiótica da Coleira



A cerimônia de encoleiramento é um jogo sensual que materializa poder do DONO e todos os desejos daquela que submete aos desejos. Quando uma sub recebe a coleira em volta do pescoço significa que: a cumplicidade é total.
A relação entre sujeito e objeto ou entre mestre e sub é muito forte e simbiótico é, baseada na complementaridade de paradoxo dos dois seres, e não seus iguais.
No universo BDSM o significado da coleira vem do seu significado histórico (usada por escravos desde os mais remotos tempos) é um sinal de submissão, mas também nos lembra que é usado por cães: é o seu sinal de lealdade e de pertencer. Isso significa que:Vem pertence a mim, eu sou seu dono.

Muitos sentem a necessidade de usar um sinal de que também é muitas vezes vista como a contrapartida da aliança que são trocados em casamento.
A coleira pode ser dada em uma cerimônia ou em privado. É um momento que sela uma união, uma relação forte que queremos muito. Isso é muitas vezes uma experiência inesquecível. É uma cerimônia que ser realizada em tempo oportuno quando ocorre a entrega total.
O DONO guia o caminho e a sub deve sujeitar-se, é dele a decisão de retirar ou não a coleira, porque a ele pertence a coleira e a sub.









Infelizmente, na nossa sociedade, e intolerante é difícil fazer tal objeto. - Usar uma coleira seja de metal ou uma de couro é praticamente impossível no mundo do trabalho ou na vida privada








sexta-feira, 2 de abril de 2010

COLEIRA


Um objeto que toda pessoa mesmo aquelas que apenas tocou sobre o assunto  BDSM: conheça a função Coleira. Eu não estou falando sobre o objeto físico ao qual a sub se conecta a dono, ferramenta útil para a formação da cadela. O colar (com um capital C) é o equivalente do noivado entre dominantes e submissos.

Quando a relação, após um período inicial de estágio, se solidifica satisfatória, O Dom pode decidir "doar" a sub colarinho. Para ela, no entanto, uma vez aceita, é um compromisso de respeitar e adorá-lo como seu Senhor absoluto e sente honrado privilégio obtidos.

Quanto a coleira sempre a dúvida de escolher entre aquela que "representa" ou "memórias". Deixe-me explicar: uma coleira que "representa" é aquele que tem o formato da gola dos animais. Quem vê, não pode ter dúvidas quanto à sua função e é uma espécie de declaração ao mundo de submissão e de adesão.

Uma coleira que é a memória é muito mais discreta, não tem forma reconhecível e pode ser um pingente, um colar, uma pulseira. Seu significado é compartilhado apenas por Dom e sub e pode ser usado a qualquer momento. A sub de desej exibir sua submissão aos quatro ventos, mas de forma discreta, normalmente opta por esta solução, para que você tenha sempre usando algo que lembra de sua filiação.






quinta-feira, 1 de abril de 2010