Minha lista de blogs

  • O DONO DE TEU CORPO - Sou obediente ao Meu Senhor, e sou muito feliz por esta oportunidade... Tenho fome de teu desejo, sede de tuas ordens, tenho prazer na tua satisfação. ...
    Há 4 anos

A dominação

"A dominação plena não é feita pelo poder do chicote (essa é momentânea)...E,sim,pela entrega do coração e da mente (essa é eterna)..."

Páginas

Master Price - BDSM

Minha foto
GOIÂNIA, GOIÁS, Brazil
Da confiança Um Mestre deve confiar em você tanto quanto você nele. Confiança é um ingrediente fundamental na prática SM, e esta é irmã da sinceridade. Jamais minta para seu Dominador. Seja sempre verdadeiro quando falar, agir ou sentir. Estas serão armas poderosas que seu Mestre terá para lhe dar prazer, e ao que tudo indica, telepatia ainda não é a forma mais eficiente de comunicação da atualidade. Seja sempre objetivo, e não tema em colocar os pontos mais delicados que possam surgir. Se ele for um verdadeiro Mestre saberá separar as críticas das atitudes desrespeitosas de sua parte, e ambos ganharão. Um verdadeiro Senhor não sente necessidade de ser temido. Seu Senhor tem todo o direito de lhe omitir informações que julgue desnecessárias, mas não aceite que minta. Converse a respeito se estiver em dúvida. De tua mente e de tua dedicação,para que meu chicote seja meu verso e minhas cordas tua prisão. De teu desejo e de tua intimidade, para que teu prazer seja meu prazer e minha dominação tua felicidade.

Pesquisar este blog

terça-feira, 25 de outubro de 2011

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Dominar e Controlar

Meus pés te lambem, adocicados. Tu te aconchegas. Percorro tua pele, passo a passo... Piso teu sexo... Esmago mamilos...
Uma mulher Só si submete quando Confia Que Sera conduzida AO Prazer. Uma mulher Só si só admitem quando Totalmente Quem Encontra uma Saiba Dominar e Controlar.

Nunca tire seus olhos de mim

Nunca tire seus olhos de mim Nem por um minuto Porque como uma pantera eu ataco E isso será o limite

Posso ser ágil, como uma serpente Atacar como uma cobra, sem errar E, baby, você será pega, mais rápido do que um piscar de olhos É o instinto animal

Não pense que eu não pegarei você Não importa o quanto você implore Sou como um leão que foi enjaulado E você irá conhecê-lo

Cuidado, eu vou te avisar, mordaz como um gavião Sou selvagem com um tigre, eu espreito e persigo Porque quando um homem sente sede, ele bebe É o instinto animal

É bom que você não pare de vigiar Este lobo está à procura agora Um leopardo não consegue mudar de alvo tão facilmente Eu sou como a floresta, luto com os dentes e unhas Estou pronto para matança, estou bem na frente É o instinto animal, É o instinto animal, instinto animal

Dores e punições... Sofrimentos, humilhações..

Esta é melhor forma de conhecer os mais diversos fetiches. Paixão e aventuras regadas à sensualidade, submissão, dominação, poesias e entrega. A face do permitir-se... A face do entregar-se por vontade... O consenso, Sem que se perca a razão jamais!

Estranho este amor? De dores e punições... Sofrimentos, humilhações...

Estranho este amor? Transpõe limites,mais e mais, A cada passo sem ais....

Estranho este amor? Dual, intenso e forte Difere em tudo de outra sorte...

Estranho este amor? Impressivo... Indefinível... Indispensável!!!

O Poder da Palavra!!

Uma das Obras Mais perturbadoras da História do cinema

Uma das Obras Mais perturbadoras da História do cinema, provocantes ATÉ HOJE uma ira los muitos espectadores de SEUS. Baseado livremente los Histórias de Marquês de Sade ("Círculo de Manias", "Círculo da Merda" e "Círculo do Sangue"), Passa-SE NA Itália Controlada pelos nazistas, Onde Quatro libertarios fascistas sequestram 16 Jovens e OS aprisionam los UMA Mansão guardas com. A Partir dai, enguias passam um serviços Usados ​​Como Fonte de Prazer, Masoquismo e Morte.

A História de O

A História de O, da autora francesa Pauline Réage, é uma novela sadomasoquista que veio a público poucos anos antes da morte da autora. Publicada em 1954, em francês, é uma fantasia de submissão feminina de uma fotógrafa parisiense de moda que é vendada, acorrentada, chicoteada, marcada, feita para usar máscara, e ensinada a estar sempre disponível para o sexo oral, vaginal e/ou anal. Trata-se de um clássico do gênero erótico na linha de Venus in furs , pois o sadomasoquismo é seu ponto forte. É sobre uma jovem que no início joga como dominada, mas quanto mais resiste à tortura, mais gosta de ser escrava. Anos antes do movimento feminino, essa história ensina as mulheres a assumir o controle de seus desejos sexuais e não permitir que ninguém faça escolhas por elas. Em fevereiro de 1955, o livro ganhou o prêmio francês de literatura Prix des Deux Magots, embora isso não tenha evitado que as autoridades francesas acusassem o editor de obcenidade. As acusações foram rejeitadas pelos tribunais, mas um boicote publicitário ocorreu durante longos anos. Isso porque a sociedade não teve cabeça aberta o suficiente para entender o caminho que a sexualidade pode tomar em seus momentos mais escuros.

Segue os ditames do teu corpo.

Segue os ditames do teu corpo. Ele sabe as tuas necessidades. Atende quando ele grita "liberdade". Segue teu corpo; ele sabe do que necessita, sabe os caminhos da fome, do cio, da sede, do sono. Sê humilde perante o corpo sábio, pois o corpo pensa de acordo com as raízes mais profundas, Pode sentir as raízes que te irmanam à criação.

para não repetir o mesmo erro outra vez.

Uma ferida profunda não deixar-lhe uma cicatriz para puni-lo pelo erro que você fez, mas ele está lá para lembrá-lo para não repetir o mesmo erro outra vez.
O castigo deve ser adequado ao caráter do culpado e tal que frutifique O castigo entra no coração da submissa desde o momento em que comete o erro.

Dê-me um centímetro cúbico de sua carne e eu poderei

Dê-me um centímetro cúbico de sua carne e eu poderei dar-lhe a dor que te engole como o fogo engole teus sonhos. Sentirá um festival sensorial de emoções e sensações e perceberá que sempre esteve pronta para isto, desde antes da época de seu nascimento, esteve sempre na alma o desejo do abraço da dor. Experimentar a dor requer inteligência, maturidade, sabedoria. É o trabalhar lento dos desejos na meia-noite úmida das entranhas. Você esteve sempre pronta para isso. Toda a vida está se preparando. Sempre!!