Minha lista de blogs

  • O DONO DE TEU CORPO - Sou obediente ao Meu Senhor, e sou muito feliz por esta oportunidade... Tenho fome de teu desejo, sede de tuas ordens, tenho prazer na tua satisfação. ...
    Há 4 anos

A dominação

"A dominação plena não é feita pelo poder do chicote (essa é momentânea)...E,sim,pela entrega do coração e da mente (essa é eterna)..."

Páginas

Master Price - BDSM

Minha foto
GOIÂNIA, GOIÁS, Brazil
Da confiança Um Mestre deve confiar em você tanto quanto você nele. Confiança é um ingrediente fundamental na prática SM, e esta é irmã da sinceridade. Jamais minta para seu Dominador. Seja sempre verdadeiro quando falar, agir ou sentir. Estas serão armas poderosas que seu Mestre terá para lhe dar prazer, e ao que tudo indica, telepatia ainda não é a forma mais eficiente de comunicação da atualidade. Seja sempre objetivo, e não tema em colocar os pontos mais delicados que possam surgir. Se ele for um verdadeiro Mestre saberá separar as críticas das atitudes desrespeitosas de sua parte, e ambos ganharão. Um verdadeiro Senhor não sente necessidade de ser temido. Seu Senhor tem todo o direito de lhe omitir informações que julgue desnecessárias, mas não aceite que minta. Converse a respeito se estiver em dúvida. De tua mente e de tua dedicação,para que meu chicote seja meu verso e minhas cordas tua prisão. De teu desejo e de tua intimidade, para que teu prazer seja meu prazer e minha dominação tua felicidade.

Pesquisar este blog

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

O que procuras?
Sim, me diz o que procuras
Andando por esta sombra
Pouco sabendo o que te espera
O que está acolhido por esta sombra úmida
Vieste ser reduzida a um fiapo
Apenas para o meu deleite?
Viestes ser preza,
Enfiando a mão trêmula por entre a mandíbula do crocodilo?
Esperas ser vergada, ultrajada,
Desumanizada,
Perder-se de si, para encontrar-se
Insólita, despojada do que te veste?
Lívida, sugada, estropiada
Um farrapo rastejante
Enquanto imploras por amor?
Não sabes ser amada, quem sabe,
Pois amor é luz, e só tenho sombras
Não... não é amor que buscas
Pois o teria com quem quer que fosse
E se mostrasses o íntimo,
Deixando-te envolver
Serias amada com toques de brisa,
E sorrisos, e gestos.
Mas mesmo assim, andas na sombra.
É isso mesmo que queres menina?
Ou buscas aquele que te pegará pela mão
E fará tudo aquilo que esperas
E não mais do que um arremedo de sombra à luz de um abajur cor-de-rosa.
Eu sinto teu cheiro...
Sim, eu te farejo.
Não receias andar no escuro
Mas receias o que pode encontrar.
Vieste procurando a armadura reluzente
O beijo apaixonado
O final feliz
O cheiro de rosas e o último cigarro da noite em êxtase flamejante
Mas não podes possuir sendo posse, sabias?
Parece que não.
Olha bem dentro do meu olho
E procura piedade.
Sim... o teu limite é minha tortura.
E não sou vítima, sou algoz
O teu limite, é tua tortura
Se buscas cegar-te na sombra.
O amor que buscas não recomendo que procure em mim
Me amarás pela minha mente
Por temer meu coração
Este, é sombra.
É confusão, é veneno é maldade,
É crueldade,
Pau, pedra, fim do caminho,
E sobretudo, um amor sozinho.
Vai, menina, dá meia volta
Busca a tua luz, senta-te à varanda, não vás ao porão
O mofo, o limo, os ratos
Não são teu mundo,
Não são TUA sombra
Não são tua pessoa
Não há pessoa
Não percebas e sobretudo não pensa,
Não há o que pensar.
Há apenas o que desistir
Estás disposta a desistir?
A ceder do teu deslumbramento
Por uma gota de láudano a fever-te o sangue
E derramarte todas as gotas de si
Em um frasco negro, vermelho, branco.
Sim, dá meia volta.
Ou um passo adiante.
Pois daqui não há volta.
Só há liberdade
E sombras
E inexistência.
E o amor que jamais pensou que houvesse
Em faces desfiguradas
Em espelhos partidos
Em grunhidos
Entre dejetos, objetos
Cobras e lagartos.
Aqui não é teu lugar,
Porque "teu" é de alguém
E aqui, não és ninguem.
Apenas és, e hás de te contentar com esta esmola da existência.
Aqui, na sombra.
Entra quem quer,
Sai quem precisa.
Sorris ainda?
Perdeste o juízo.
Agora pega na minha mão.
Teu anfitrião
Sou eu.
Nunca teu.
És minha.
E não mais tua.

Um comentário:

  1. Senhor, confesso que aqui estou emocionadíssima com esse post, que coisa linda de se ver, de se ler e principalmente de se sentir! tradução exata das avalanches de emoções que todo relacionamento SM sério deve ter.
    Parabéns!!!
    Saudações repeitosas.

    ResponderExcluir