Minha lista de blogs

  • O DONO DE TEU CORPO - Sou obediente ao Meu Senhor, e sou muito feliz por esta oportunidade... Tenho fome de teu desejo, sede de tuas ordens, tenho prazer na tua satisfação. ...
    Há 4 anos

A dominação

"A dominação plena não é feita pelo poder do chicote (essa é momentânea)...E,sim,pela entrega do coração e da mente (essa é eterna)..."

Páginas

Master Price - BDSM

Minha foto
GOIÂNIA, GOIÁS, Brazil
Da confiança Um Mestre deve confiar em você tanto quanto você nele. Confiança é um ingrediente fundamental na prática SM, e esta é irmã da sinceridade. Jamais minta para seu Dominador. Seja sempre verdadeiro quando falar, agir ou sentir. Estas serão armas poderosas que seu Mestre terá para lhe dar prazer, e ao que tudo indica, telepatia ainda não é a forma mais eficiente de comunicação da atualidade. Seja sempre objetivo, e não tema em colocar os pontos mais delicados que possam surgir. Se ele for um verdadeiro Mestre saberá separar as críticas das atitudes desrespeitosas de sua parte, e ambos ganharão. Um verdadeiro Senhor não sente necessidade de ser temido. Seu Senhor tem todo o direito de lhe omitir informações que julgue desnecessárias, mas não aceite que minta. Converse a respeito se estiver em dúvida. De tua mente e de tua dedicação,para que meu chicote seja meu verso e minhas cordas tua prisão. De teu desejo e de tua intimidade, para que teu prazer seja meu prazer e minha dominação tua felicidade.

Pesquisar este blog

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Torturo você como quem te ama, E como quem sabe o que é melhor pra você te trago aos meus pés, de forma irônica me dás prazer Como alma abandonada à procura do paraíso siga meus sinais Sinta-se em êxtase, um êxtase doloroso, com gosto de sangue... A cada desejo meu satisfeito sinta-se mais útil Uma utilidade de desejos contidos...

Corre pelas minhas veias aquilo que te excita Seus poros transpiram desejo Desejo que te roubo para o meu bel prazer Sua lascívia, seu gozo, seu prazer são todos Meus... desperto dores em seu corpo E te tocado te faço sentir que são dores reais Em lugares estratégicos, dores intensas, contínuas São as dores dos desejos proibidos, abafados Inconfessáveis, mas explícitos... Me excitas, me provocas, me deixas em erupção. Venha me satisfazer!

Torturo você Como quem dá ordens a um vulcão condeno ti à quietude Torturo seu corpo para que não me queira Mas como um viciado me deseja ainda mais. Repreendo sua alma para que me esqueça Mas ela faz questão de tornar-me ainda mais presente em sua mente insana... Entrega-se aos meus impetuosos desejos Na esperança de que te arranques essa impiedosa dependência. Oferece-me sua carne para que a sua dor saia, escorra...

Quem sabe assim você consiga arrancar-te de mim... Mas mutilo sua alma com navalhas cortantes E prazerosamente tenho em minhas mão seu corpo que palpita E nele alfineto agulhas levando-te ao delírio... Tenha medo da minha ausência, trema na minha presença Grite e fuja, mas se entregue para ser totalmente minha Exclusivamente e assim sirvir-me as delícias do meu prazer.

Quando quero, quando meus desejos gritarem esteja aos meus pés E como boa escrava receba o castigo do amor as navalhas do prazer... Assim, amarrada com as cordas do desejo Seus olhos vendados com a loucura da paixão E a boca vedada para nem se quer pronunciar meu nome

Estará pronta para ser o que sempre quis. Meu objeto de prazer intenso Uma escrava lançada às masmorras dos meus desejos mais exóticos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário